O que levar para a Maternidade?

O que levar para a Maternidade?

Chegou a hora! A mãe entrou no 9º mes de gestação e o bebê já está pronto para vir ao mundo. Mas e a mala, está pronta? O que levar para a maternidade? Como se preparar para este momento? Para reduzir a correria, o Madrecor Hospital preparou uma lista de itens para facilitar a tarefa das mamães.

Para o recém-nascido:

  • 02 cobertores;
  • 02 pacotes de fraldas descartáveis tamanhos P ou RN;
  • 04 conjuntos de roupas: 1ª troca, 2ª troca, 3ª troca(saída da maternidade), 4ª troca (reserva);
  • Cada troca deverá conter: 1 body, 1 macacão, 1 par de luvas, 1 par de meias e1 manta para cada conjunto;
  • 2 cueiros;
  • 4 toalhas de boca;
  • 1 sabonete líquido ou em barra com saboneteira;
  • 01 escova ou pente infantil e
  • 02 toalhas fralda.

Para a mãe:

  • 03 camisolas ou pijamas que permitam amamentar;
  • 01 chinelo;
  • 01 pacote de absorvente noturno;
  • 03 pares de roupas íntimas;
  • 03 sutiãs de amamentação e
  • Produtos para higiene pessoal.

Itens opcionais:  

  • Penhoar para andar pelos corredores do hospital depois do parto e para receber visitas
  • Conchas ou absorventes para os seios;
  • Produtos de higiene pessoal como escova, xampu, condicionador, sabonete, escova de dentes e pasta;
  • 01 pacote de absorventes noturno;
  • Máquina fotográfica/ Filmadora e
  • Lembrancinhas e enfeite de porta, se tiver preparado esses itens com antecedência.

O momento da internação exige alguns cuidados necessários para que tudo ocorra da maneira mais tranquila possível. A Maternidade do Madredor Hospital oferece completo atendimento e acompanhamento aos recém-nascidos. Dispõe de Berçário de Admissão, Alojamento Conjunto e Unidade de Terapia Intensiva Neonatal.

Todos os recém-nascidos são assistidos ao nascimento, na sala de parto, por um pediatra. A equipe médica multidisciplinar e de enfermagem estão à disposição dos pacientes e suas famílias durante todo o período de internação.

O alojamento conjunto consiste na permanência dos recém-nascidos junto aos pais, com a assistência da equipe médica e de enfermagem. Desta forma, estimula-se a amamentação sob livre demanda favorecendo o estabelecimento do aleitamento materno. Além disso, os pais têm a oportunidade de aprender e iniciar os cuidados aos seus filhos.

O atendimento individual do recém-nascido junto à mãe possibilita maior tranqüilidade e segurança para a alta hospitalar.

Deixar comentário