8 dicas para melhorar a memória

8 dicas para melhorar a memória

Como seria bom se todas as experiências fossem guardadas em nossa memória. Para captar novos estímulos e guardar novas sensações, o cérebro seleciona o que considera mais importante para fixação e descarta o restante. Esse é um processo natural ao longo da vida para assim receber as novas experiências.

Se o rendimento da memória cai, surgem dificuldades no trabalho, estudos e vida social. As causas para a dificuldade de memorização podem envolver ansiedade e estresse. Dessa forma, confira algumas dicas do Dr. Ramon Andrade, neurocirurgião da MeuCérebro, clínica parceira do Madrecor Hospital, para melhorar a memória e capacidade de retenção:

  • Durma de 7 a 9 horas por dia. Ter sono ininterrupto e de qualidade é fundamental para que o cérebro organize as informações coletadas ao longo do dia e possa se preparar para as novas memórias que irá receber.
  • Exercite o cérebro. Crie estratégias de armazenamento, ou seja, sempre que quiser lembrar um compromisso ou uma informação importante, associe com imagens ou lembranças em torno no conteúdo. A leitura é uma grande aliada para estimular a memória.
  • Tenha boa alimentação. Alimentos que facilitem a digestão e que sejam fracionados ao longo do dia podem ajudar no processo de memorização. Os alimentos pesados desaceleram o metabolismo e deslocam o fluxo sanguíneo para o intestino deixando o cérebro lento e preguiçoso.
  • Tenha ambiente adequado para estudos e trabalhos. Lugares silenciosos, bem iluminados e organizados permitem maior concentração e, assim, facilita a fixação de conteúdos importantes.
  • Mude a rotina. Testar um novo caminho para o trabalho, um restaurante novo, fazer uma atividade diferente ao final do dia são ações que fazem bem para o corpo e para a mente.
  • Evite excesso de álcool e cigarro. Ao longo dos anos, o álcool e o cigarro podem gerar quadros graves de esquecimento, aumentando as chances de atrofia e isquemias cerebrais.
  • Evite medicamentos para dormir. Remédios que induzem o sono podem dificultar o processo de memorização. Recomenda-se tomar seguindo orientação médica e com bom senso.
  • Pratique atividade física. Exercícios físicos são importantes para melhorar a função cardiovascular e aumentar o fluxo sanguíneo do cérebro aumentando a região do hipocampo, responsável pela memória.

 

Deixar comentário